"Minha vida é monótona. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei o barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora como música.E depois, olha! Vês, lá longe, o campo de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelo cor de ouro. E então serás maravilhoso quando me tiverdes cativado. O trigo que é dourado fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento no trigo…" (Antoine de Saint-Exupéry - Trecho de "O Pequeno Príncipe")

terça-feira, 28 de abril de 2009



"Escrevo, triste, no meu quarto quieto, sozinho como sempre tenho sido, sozinho como
sempre serei. E penso se a minha voz, aparentemente tão pouca coisa, não encarna a
substância de milhares de vozes, a fome de dizerem-se de milhares de vidas, a paciência de
milhões de almas submissas como a minha ao destino cotidiano, ao sonho inútil, à esperança
sem vestígios. Nestes momentos meu coração pulsa mais alto por minha consciência dele. Vivo
mais porque vivo maior."
Fernando Pessoa
**************************************************************************************************************
O meu maior esconderijo ainda são as palavras, os fragmentos de mim que deixo aqui e alí... É a minha válvula de escape, como minha voz é fraca e sem muita vontade de ser ouvida, nesse universo consigo deixar minhas placas, mesmo sendo uma sinalização não muito clara e as vezes apenas uma rota para uma porta onde apenas possa ser lida a tranca " Jó 38:11".

6 comentários:

Palavras em vão disse...

Nossa, realmente vc ficou muito bonito nesta foto..as palavras tornam-se nosso refúgio, certamente uma válvula de escape, eu sei muito bem disso, e este espaço do blog nos proporciona isso muito bem..
abrçs, continuação de boa escrita..

Daniel Silva (Lobinho) disse...

as palavras têm um efeito magico porque libertam.

a foto esá muito boa...

abraço cheio de SOL que essa vida esta muito escura... ;)

Morganna disse...

Quando a busca acabará?!!!!!!!

Anônimo disse...

Não importa, que no palco não tenhamos outros atores importantes. Na realidade, seriam meros coadjuvantes, o texto principal é sempre nosso.

ícaro das palafitas disse...

texto perfeito!!!

Ana ® disse...

Poxa... vou torcer pro sol brilhar logo por aí!
[]